quinta-feira, 30 de abril de 2009

What you know


"Um dia vou viajar pelo mundo mas tu serás sempre a minha casa"

segunda-feira, 27 de abril de 2009

domingo, 26 de abril de 2009

Relax






Deixar-nos ir...

Ora, num momento de verdadeiro "relax" a que bem me tentei entregar durante o dia de hoje, tentando aproveitar o sol meio envergonhado mas que acabou por aparecer acompanhado por um vento veloz e desagradável. Dei por mim semi deitada ao ar livre olhando o céu a pensar no vazio. Vazio esse que hoje fez parte de mim. Inspirei e expirei umas quantas vezes aquele ar puro, que me refresca e renova a alma e que só ali, naquele local encontro...
Hoje foi mais um daqueles dias que tudo me parecia ser indeferente. Estive a relaxar no meu mundo, mundo esse de despreocupação, de livre pensamento, solitário, mas meu.
O qual a partir de hoje passarei a frequentar mais vezes...


Niki*



"A preguiça pode ser interpretada também como aversão ao trabalho negligência, indolência, mandriice, morosidade, lentidão, pachorra, moleza, dentre outros.

A preguiça é um dos sete pecados capitais.
"


Ultimamente ando a pecar demasiado... =/



Niki*

sábado, 25 de abril de 2009

Sento-me e sinto...


Quando menos se espera, ela vem até nós.
Quando pensamos que já nada faz sentido, desperta-nos.
Quando o sentir adormece, acorda em nós a vontade de viver.

Existem vários apelidos,
Benção, dádiva, milagre...
Mas, tão somente um sentimento,
Este que sinto e tento retribuir.

Amar...
Sempre foi tão necessário, quanto as condições favoráveis à nossa existência.
Partilhar...
Porque é o que nos mantém vivos, em tantas prisões solitárias.
Dar...
Para que sempre se mantenha a lei do eterno retorno.
Receber...
Porque é esta a essência de todos os sentimentos.

Hoje, serenamente
Sento-me e sinto o quanto conquistei...
Porque aprendi a partilhar, a dar e a receber, aprendi a esperar, a escutar a voz do coração...

Eu sei, tu sabes, ambas sabemos...



Para lá deste mundo visível, vivem os anjos. Tu amiga, és um deles. És dona de uma alma doce e sonhadora. No fundo dos teus olhos, reflecte-se o brilho da luz que trazes dentro, alma sensível e imensa, repleta de sentimentos nobres que queres e precisas dar aos outros... Tu sabes que eu sei e ambas sabemos que os anjos se reconhecem entre si, e tal como tu me reconheceste, também eu te reconheci.
Obrigado pela tua mão amiga, pelo teu colo quando mais precisei, obrigado por teres tido a ousadia de entrar na minha vida... Como eu gosto de ti;)

Um beijinho amigaaaaaaa*

Niki*

quarta-feira, 22 de abril de 2009

terça-feira, 21 de abril de 2009

Muralhaaaaaas...



Bela jantarada, com tudo a que tínhamos direito...

...EMENTA...

Entrada: chouriçinho assado.
Bebidas: Mineeees e um Verdinhoooo
Prato: umas belas ameijoas e gambas
Sobremesa: Doce de gelatina com leite condensado.
Ceia: conversa atrás de conversa, recordação de momentos captados por uma boa máquina, umas boas gargalhadas, umas fotozinhas para relembrar.
Madrugada:
umas boas massagens (commm muita forçaa que estava acumulada)...

Para quando o próximo? (já se planeiam uns eventos muralhenceeeees, ahahah)

Vocês são uns fixeeeees!


Niki*

Fast&Furius 4





Foi um prazer reverte Vin... ;)

terça-feira, 14 de abril de 2009

Já...


Nasci
Cresci
Tornei-me Menina
Tornei-me Mulher

Já amei e fui amada
Já amei e não fui amada
Já fui amada sem amar

Já sonhei sonhos de menina
Já concretizei alguns
Outros nunca irei concretizar

Já percorri caminhos e estradas
Com um passo acelerado e convicto
Já percorri caminhos e estradas
Com um passo lento sem direcção

Já viajei viagens de verdade
Já fiz viagens de sonho
sentada no sofá

Já dormi noites inteiras embalada no sonho
Já estive acordada noites inteiras
Deambulando pesadelos e desalento

Já senti do meu rosto cair
lágrimas
De tristeza e desgosto
Já senti no meu rosto
A alegria da
felicidade

Já tive tudo
Já tudo perdi
Já fui amiga
Já fui desprezada
Já senti orgulho
Já senti vergonha

Já senti o sabor amargo
Da derrota
Já senti o calor
da vitória...

Memória recordada




À quanto tempo? à quanto tempo não tinha saudades de ti... já faz tanto tempo. Mas hoje acordei assim com uma saudade dos nossos acordares, do teu mau feitio por vezes, das nossas discussões palermas, das brincadeiras, do teu perfume, do teu olhar e sorriso sarcástico... Saudades de ouvir esta música contigo, sim porque tu ensinaste-me a ouvir the gift... Seguimos caminhos diferentes mas recordarei sempre os nossos momentos e lembrar-me-ei de ti como alguém que me foi especial um dia.


Beijo, Niki*

Indian










" Um sonho a ser concretizado... em breve, muito breve..."

Dead and Gone




I've been travelin
on this road to long
Just trying to find
My way back home
The old me
Is dead and gone
Dead and gone

quinta-feira, 9 de abril de 2009


"Não adianta ser longa a viagem ou muito distante o último horizonte a ser atingido, um dia sempre voltamos para nós mesmos e descobrimos que estamos em casa onde tudo um dia começou. Na hora final todos os nossos momentos passarão como um filme rápido na nossa mente atiçada e a nossa última lágrima de dor ou a nossa alegria de libertação se fará ouvir como se o último passo fosse também o primeiro, agora de resgate ou do recomeço. Chega um dia que se entende, que existe um horário, um tempo, além do nosso mero entendimento e dentro desse tempo as coisas simplesmente acontecem quando chega a hora..."



Parabéeeeeeeeens ao amiguinho Buninho!

Mais um aninho anh? 21 já cá cantam... Estás um homem, sim senhor, quem te viu e quem te vê =P Espero que sejas sempre MUITO Feliz e que tudo na tua vida te corra sempre as maravilhas... TU mereces!


Um beijinhooo enormeeeeee e "cheiroso" (tu entendes=P) ahah

quarta-feira, 8 de abril de 2009

"Quando alguém se cruza no nosso caminho, traz sempre uma mensagem para nós. Encontros fortuitos são coisa que não existe. Mas o modo como respondemos a esses encontros determinam se estamos à altura de recebermos a mensagem."

James Redfield

Janela da vida




A vida toda é feita de momentos,
de alegria, ou de lamentos...
Para estes, fechamos a janela do pensamento...
Para aqueles, que lembram felicidade,
e que sempre deixam saudade
quando se vão,
abrimos a janela de nossa emoção...
Há que viver com intensidade,
os que alegram o coração...
Os tristes momentos,
que causaram padecimentos,
esquecidos devem ser...
Saibamos usar a janela de nossas lembranças...
Para quê lembrá-los...
Para quê vivenciá-los?
Janela fechada sobre eles.
Os momentos de alegria,
que nos deixaram felizes um dia,
devem ocupar nossa memória...
Janela aberta para estes...
O resto é só história... Ou estória...
Momentos... Doces momentos...
Momentos... Tristes momentos...
Quais a serem lembrados?
Quais a serem olvidados?
A janela das nossas lembranças...
Quando fechá-la?
Quando abri-la?

Marcial Salaverry

Marcas...






recordam momentos passados num local que me marcou bastante e do qual me custou muito sair... é verdade! Marcou-me, pelas pessoas, pelos momentos, pelos sorrisos, pelas pessoas das quais criei amizade, amizade essa que espero nunca perder... Custou muito, mas a vida é feita de mudanças e nada acontece por acaso. Em Setembro regresso, se assim tiver que ser! Recordar é viver...

terça-feira, 7 de abril de 2009

Boom Boom Pow




Nice song;)

"Factos"


Habituei-me a chorar com a mesma naturalidade com que me rio.
O choro lava a alma, pendura-a cá fora, desfraldada e meia abandonada,
para depois, quando já enxuta, lhe cheirar o ar fresco que emana
e então guardá-la de novo no peito.
São as lágrimas a sair e as lembranças a entrar.
Enquanto a felicidade é um presente, não há necessidade de recordar. Porque se tem, porque se vai ter de novo, porque mesmo que não se volte a ter já a tivemos. Uma das coisas que mais me apaixona é viver. Porque enquanto vivemos, há sempre mais um dia, mais uma praia, mais um sorriso, mais uma tentativa. Estamos sempre a tempo de tentar outra vez. Tentar o azul, o amor, o toque, as palavras certas, o frémito do desejo. Adormecemos sabendo que no dia seguinte há mais horas, mais vontades e sonhos. Deixamos os balões mágicos onde resguardamos tudo aquilo que amamos voar, voar para bem longe...


Um beijo

Vamos seguir o caminho da felicidade?



"A cada dia que vivo,
mais me convenço de que o
desperdicio da vida está no
amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoista que nada arrisca,
e que, esquivando-se do sofrimento,
perdemos tambem a felicidade."


Carlos Drummond de Andrade


"Somos donos dos nossos actos,
mas não donos dos nossos sentimentos...
Somos culpados pelo que fazemos,
mas não somos culpados pelo que sentimos...
Podemos prometer actos,
mas não podemos prometer sentimentos...
Actos são pássaros engaiolados,
sentimentos são pássaros em vôo..."



É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender a sua duração, pois a vida está nos olhos de quem saber ver.


Basta... O resto, são pequenos nadas!


Um beijo* Niki

domingo, 5 de abril de 2009





Mi dispiace devo andare via
Ma sapevo che era una bugia
Quanto tempo perso dietro a lui
Che promette e poi non cambia mai
Strani amori mettono nei guai
Ma, in realtà, siamo noi

E lo aspetti ad un telefono
Litigando che sai libero
con il cuore nel lo stomaco
Un gomitolo nell'angolo
Lì da sola, dentro un brivido
Ma perché lui non c'è

E sono strani amori che
Fanno crescere e sorridere
Fra le lacrime
Quante pagine lì da scrivere
Sogni e lividi da dividere
Sono amori che spesso a questa età
Si confondono dentro a quest'anima
Che si interroga senza decidere
Se è un amore che va per noi

E quante notte perse a piangere
Rileggendo quelle lettere
Che non riesci più a buttare via
Dal labirinto della nostalgia
Grandi amori che finiscono
Ma perché restano nel cuore

Strani amori che vanno e vengono
Nei pensieri che lì nascondono
Storie vere che ci appartengono
Ma si lasciano come noi

Strani amori fragili
Prigionieri, liberi
Strani amori mettono nei guai
Ma, in realtà, siamo noi

Strani amori fragili
Prigionieri, liberi
Strani amori che non sanno vivere
E si perdono dentro noi

Mi dispiace devo andare via
Questa volta l'ho promesso a me
Perché ho voglia di un amore vero
Senza te...

quarta-feira, 1 de abril de 2009

9Songs




Para uns arte, para outros apenas mais um filme de sexo explicito... É preciso perceber, as músicas, os locais, as deixas, as cores tudo isto torna este filme diferente... Um filme belíssimo, de uma enorme ternura por duas personagens que lutam com o amor e a tristeza!


Niki*

Sentimento?




Niki*

Para quando?







Coimbra (Lousã, Serpins)



SAUDADES... Espero poder voltar muito brevemente!!!


Niki*